O Que É Ética?

Ética é um sistema de valores morais que molda o nosso comportamento para gerar uma nova vida. Com a ética, vivemos de forma honesta, o que leva a mais confiança e amizade com as pessoas à nossa volta. A ética é a chave para a felicidade.

Seres humanos são seres sociais: precisamos do apoio alheio apenas para sobreviver. Não somente quando somos recém-nascidos vulneráveis ou frágeis idosos em asilos, mas durante toda a nossa vida precisamos da ajuda e do cuidado dos outros. No entanto, ainda mais importante, é o apoio emocional que ganhamos de amizades amorosas. Um forte senso de ética nos possibilita criar relações amigáveis com todos aqueles que encontramos.

Algumas pessoas pensam que uma vida bem-sucedida tem a ver com quando temos uma enorme abundância material e muito poder. Mesmo se conseguirmos tais coisas, nunca ficaremos satisfeitos e sempre ficaremos paranoicos com o medo de perdê-las. Quanto mais tivermos, especialmente aquilo que ganhamos a custo dos outros, mais inimigos criaremos. Ninguém diria que a vida é bem-sucedida quando as pessoas não gostam de nós. A nossa vida será bem-sucedida quando criarmos muitas amizades e as pessoas ficarem felizes em nossa companhia. Então, não importará quanto dinheiro ou poder tivermos; teremos o apoio emocional que nos dará a força de lidar com o que quer que venha a nos acontecer.

Diretrizes éticas indicam os tipos de comportamento que levam à felicidade e aqueles que criam problemas. Quando somos honestos e desejamos trazer felicidade aos outros, as pessoas confiam que não as trairemos, nem maltrataremos nem exploraremos. Esta confiança serve como um fundamento para a nossa amizade com todos aqueles que encontramos.

No budismo, a ética é baseada na consciência discriminadora: usamos a nossa inteligência para discriminar entre aquilo que traz uma felicidade duradoura e o que traz problemas recorrentes. Não se trata de obedecer cegamente a uma lista de regras, mas de estar convencido que seguir diretrizes éticas faz um sentido lógico.

Se realmente nos importarmos com nós mesmos, fará sentido tomar decisões inteligentes sobre como nos comportamos. Todos querem e merecem ser felizes, e isso nos inclui. Uma baixa autoestima leva a uma atitude de indiferença moral, enquanto um sentido de apreço por si mesmo leva à dignidade. Com dignidade, temos um tamanho e profundo respeito por nós mesmos que nunca paramos para agir de forma não ética: simplesmente nos sentiríamos mal se fizéssemos isso.

Uma atitude de indiferença apenas leva a sentimentos de isolação, solidão e depressão. Com um senso de ética, superamos tais atitudes. Construímos amizades estáveis baseadas na confiança, que é a base para ter uma vida feliz e bem-sucedida.