O Perigo da Raiva ou do Orgulho Prejudicar a Nossa Prática

Outros idiomas

Não Ficar com Raiva Daqueles que são Negativos em Relação a Nós

Quando as pessoas reagem muito negativamente comigo, não consigo continuar sentindo amor e carinho para com essa pessoa. Às vezes sinto que preciso ser duro com ela; não posso continuar sendo assim. Como lidar com essa situação?

Você não deve se sentir mal com isso, porque todas essas atitudes que tenho discutido, para desenvolver a compaixão, são coisas que não conseguimos desenvolver de uma hora para a outra. Você tem que realmente purificar o seu coração e sua mente e se desenvolver e treinar para manter essas atitudes, com uma prática muito longa e contínua. Se você não consegue, tem que perseverar nesses métodos que tenho discutido, e se não consegue pensar em ajudar e ser gentil com essas pessoas que estão te machucando, então pelo menos pode se conter para não machucá-las.

Se praticar, será capaz de adquirir qualquer habilidade e talento. Habilidades não vêm sem prática. Você tem que praticar e treinar. Se olhar para algumas pessoas, verá que elas praticam batendo com as mãos contra pedaços de madeira e tijolos e, eventualmente, conseguem quebrar uma parede sem sentir qualquer dor. Isso é algo que você não pode fazer de uma só vez, caminhando até a parede e batendo nela. Você tem que praticar e treinar por um longo período de tempo.

Por exemplo, pense em uma pessoa que estava sempre te machucando e você sempre sentia muita raiva dela. Se essa pessoa viesse até você um dia e dissesse: “Sinto muito por tudo que fiz. Por favor, aceite o meu pedido de desculpas. Aqui está um presente em forma de dinheiro”, e fosse muito simpática com você. Sua raiva diminuiria ou não? Você ainda estaria com raiva?

Provavelmente não.

Se a sua raiva diminuísse se alguém fizesse isso com você, pedisse desculpas e tentasse deixar tudo bem, então a mesma coisa aconteceria se você fizesse isso com a pessoa com quem teve dificuldades. Se ela não aceitasse seu pedido de desculpas, você poderia pegar seu dinheiro de volta. Ela se sentiria muito triste por não ter aceitado suas desculpas, olharia pela janela e tentaria ver aonde você foi. Não é isso? Ela realmente perderia a chance de ganhar algum dinheiro. Agora o que você gostaria de perguntar?

Expressando Raiva

No Ocidente há um conceito de que, se você não expressar sua raiva, terá úlceras no estômago. Poderia dizer alguma coisa a este respeito?

Eu concordo que não é bom manter a raiva dentro de si, que é apropriado expressá-la, mas você tem que ser muito cuidadoso e habilidoso em escolher o momento adequado para expressar sua indignação. Nunca se deve falar ou dizer nada quando se está com raiva. Primeiro tente se acalmar. É muito bom, quando você está tendo um ataque de raiva e se sentindo muito mal, dar uma caminhada ou passar algum tempo agradável com amigos e, quando se acalmar, pode dizer alguma coisa. Da mesma forma, deve ver a situação da outra pessoa, e não falar quando ela estiver tendo um ataque de raiva, esperar até que ela esteja calma.

Também examine honestamente quem está errado. Se você estava errado, então deveria ser corajoso o suficiente para ser capaz de admitir isso. Se foi algo que a outra pessoa fez que estava errado, quando a situação for apropriada, você deve explicar com muito cuidado e habilidade que "eu fiz isso e você fez aquilo. Isso talvez tenha sido errado" e discuta isso calmamente. Se alguém está muito bravo e aborrecido e nem consegue comer, e você vai e fala com ele e diz: "O que está deixando você tão chateado que não consegue comer?" Essa pessoa precisaria ser capaz de explicar o que a estava incomodando. Mas você nunca deve entrar nesse tipo de discussão quando você ou a outra pessoa estão enfurecidos, com muita raiva.

Você deveria dar um exemplo de um tipo de raiva ou mágoa que, se mantidos dentro de você, lhe causaria tanto sofrimento que lhe daria uma úlcera.

Eu não estava falando de mim mesmo. Eu estava falando teoricamente.

Se houvesse três pessoas juntas e duas delas se servissem uma xícara de chá e não servissem a terceira pessoa, essa pessoa poderia ficar muito magoada e com raiva, esse seria um exemplo?

[Sem resposta. Outro participante] E os jovens que não se comportam como os pais querem, e os pais dizem: "Temos úlceras porque você não se comporta como nós queremos". O que os jovens devem fazer nessa situação? Eles deveriam simplesmente sair da casa dos pais? Eles deveriam sair da relação? O que eles deveriam fazer?

O que você está fazendo que incomoda seus pais?

O problema é o tipo de trabalho que faço, o dinheiro que ele ganha, toda a sua renda vai para os lamas - meu pai não gosta disso.

Seu pai não gosta que você vá aos ensinamentos dos lamas?

Às vezes. Meu pai acha que eu deveria me preocupar com assuntos mundanos, ganhar muito dinheiro, empregar muita gente, explorar mais pessoas. Não é que ele tenha dito que eu não deveria ver esse lama. É mais geral. Ele não leva a sério o que estou fazendo.

Estaria errado se você tentasse fazer as duas coisas? Ganhar um pouco de dinheiro, o que agradaria seu pai, e também seguir um caminho espiritual?

Eu busco cada vez mais um meio termo de como fazê-lo.

Esse é o jeito certo de fazer isso; isso é muito bom.

Mas isso me dá uma sensação ruim, porque meu pai disse: "Estou doente porque você não faz o que eu quero".

Você deveria dizer ao seu pai "Por favor, não se preocupe. Você não deveria ficar doente, porque estou fazendo o que me pede para fazer”, e trabalhe. Mas, como foi explicado anteriormente, o principal na prática espiritual é trabalhar em sua atitude, em seu coração, em sua mente, e usar sua fala, sua energia verbal, em termos de mantras, e nenhum trabalho que você faça vai atrapalhar isso. Isso significa que as coisas do dharma, as coisas espirituais são algo que você faz em particular para si mesmo.

O Uso da Violência para Melhorar as Situações

O que Rinpoche pensa sobre o caso em que pessoas ou países são muito oprimidos em suas condições materiais de vida e em sua liberdade? Tem problema se eles se unirem e até usarem de violência para melhorar suas condições de vida, a fim de alterar a situação para melhor?

Se o seu objetivo é acabar com o sofrimento e as dificuldades de todos, então é permitido usar qualquer meio que seja necessário. Mas se é só para você ficar melhor, então isso não seria apropriado. Há o exemplo em que o próprio Buda matou alguém; você deve relacionar sua pergunta a isso. O Buda em uma vida anterior matou alguém que ia matar 500 mercadores em um barco. O Buda matou essa pessoa para evitar que todo esse mal acontecesse e assumiu as consequências negativas. Se você tem esse tipo de bravura e coragem para fazer algo assim para ajudar a todos e aceitar as consequências, então tudo bem.

O Perigo do Orgulho ao Praticar a Mudança de Atitudes em Relação a Si Mesmo e aos Outros

Há perigo de que a troca de [de atitude] em relação a si e aos outros possa levar a outra atitude perturbadora, o orgulho, onde eu recebo muita atenção dos outros porque sou tão gentil e amável com eles?

É verdade que o perigo surge quando você sente que é maravilhoso por estar ajudando a todos, e essa é a razão pela qual é sempre enfatizado que esse processo de trocar sua atitude em relação a si mesmo e aos outros, esse tipo de prática, deve ser feita de maneira oculta e em particular. Você não deve dizer às pessoas o que está fazendo; é algo que diz respeito apenas a você mesmo, trabalhando em sua própria atitude. Você não anuncia o que está fazendo.

Se, por exemplo, nossa mãe ou pai morressem, nós choraríamos. Da mesma forma, se uma mariposa voasse para a chama da vela e morresse, se você chorasse não haveria problema, seria bom. Mas se chorasse assim, por causa de uma mariposa, na frente de outras pessoas, isso não funcionaria. Isso pareceria ridículo. Porque, nesse caso, você estaria sentado aparentando pretensiosamente fazer esse tipo de prática, o que seria ridículo. Este é apenas um exemplo.

O mundo está aí, quer eu diga [o que estou fazendo] ou não. Mesmo que eu pratique em segredo, posso ter essa atitude e sentir que sou maravilhoso.

Não é tão ruim se sentir assim em particular, mas quando você sai e diz às pessoas como é maravilhoso, isso é algo muito pior. Quando você se sente assim e está sozinho, você pode guardar isso com você. Não seria tão negativo, e também, como não há outras pessoas ao seu redor para alimentar esse sentimento, ele não se torna tão grande. É por isso que é muito importante começar a tentar se livrar de sua obsessão por coisas desta vida. Em geral, existem vários tipos de sentimentos mundanos que são muito difíceis de superar; mas você tem que trabalhar neles.

Top