Quem É Alexander Berzin

Alexander Berzin (nascido em 1944) cresceu em Nova Jersey nos EUA. Começou seus estudos do budismo em 1962 nas Universidades de Rutgers e Princeton e recebeu, em 1972, conjuntamente dos departamentos de Sânscrito e Estudos Indianos e Línguas do Extremo Oriente (Chinês) seu PhD pela Universidade de Harvard. Inspirado pelo processo através do qual o budismo foi transmitido de uma civilização asiática à outra e de como foi traduzido e adotado, seu foco tem sido construir uma ponte entre as culturas budistas tradicionais e as culturas ocidentais modernas.

Dr. Berzin residiu na Índia por 29 anos, primeiramente como bolsista do programa americano de bolsas de estudo Fulbright e então trabalhando no Departamento de Tradução, que ajudou a fundar, na Biblioteca de Estudos & Arquivos Tibetanos em Dharamsala. Enquanto esteve na Índia aperfeiçoou seus estudos com mestres de todas as quatro tradições budistas tibetanas; entretanto, seus principais professores foram Sua Santidade o Dalai Lama, Tsenzhab Serkong Rinpoche e Geshe Ngawang Dhargyey. Praticando sob supervisão desse mestres, completou os principais retiros de meditação da tradição Gelug.

Por nove anos foi o principal intérprete de Tsenzhab Serkong Rinpoche, acompanhando-no em suas viagens ao exterior e treinando sob sua tutoria para ser um professor de budismo. Serviu ocasionalmente de intérprete para S.S. o Dalai Lama e organizou diversos projetos internacionais para ele. Estes incluíram o Apoio Tibetano para Vítimas do Desastre Radioativo de Chernobyl; a preparação de textos básicos budistas em mongolano coloquial para ajudar a revitalizar o budismo na Mongólia; e a abertura de um diálogo entre o budismo e o islamismo em universidades do mundo islâmico.

Desde 1980 Dr. Berzin viaja pelo mundo dando palestras sobre budismo em universidades e centros budistas em mais de 70 países. Foi um dos primeiros a ensinar o budismo na maior parte do mundo comunista, na América Latina e em grande parte da África. Durante suas viagens tentou consistentemente desmistificar o budismo e mostrar a aplicação prática de seus ensinamentos na vida diária.

Autor e tradutor prolífico, Dr. Berzin publicou 17 livros, incluindo, Tomar a Iniciação Kalachakra, Relating to a Spiritual Teacher, Developing Balanced Sensitivity (esses últimos ainda sem tradução para o português)e, com S. S. o Dalai Lama, Mahamudra na Tradição Gelug-Kagyu.

No final de 1998, Dr. Berzin voltou ao ocidente com aproximadamente 30.000 páginas de manuscritos de livros, artigos e traduções não publicados que preparou, transcrições de ensinamentos de grandes mestres que traduziu e anotações de todos os ensinamentos que recebeu destes mestres. Convencido do benefício desse material para outras pessoas e determinado a não perder este conteúdo, intitulou-o “Arquivos Berzin” e estabeleceu-se em Berlim, Alemanha. Lá, com o incentivo de S. S. o Dalai Lama, decidiu disponibilizar gratuitamente para o mundo, através da internet, este vasto acervo, em quantas línguas fosse possível.

Desse modo, o site dos Arquivos Berzin foi ao ar em dezembro de 2001. Expandiu-se para incluir suas palestras atuais e hoje está disponível em 21 línguas. Para muitas delas, especialmente as seis línguas do mundo islâmico, é um trabalho pioneiro na área. A versão atual do site é a próxima etapa do compromisso permanente do Dr. Berzin em construir uma ponte entre o mundo tradicional budista e o mundo moderno. Conduzindo os ensinamentos através dessa ponte e mostrando sua relevância à vida moderna, sua visão é de que ajudem a trazer equilíbrio emocional ao mundo.