Como Lidar com a Ansiedade

O mundo parece ser um lugar louco. Basta ligar as notícias: Os terroristas estão prestes a atacar! A economia é um desastre! E o meio-ambiente não adianta nem perguntar. Tudo isso já é suficiente para você querer ficar de cama o resto da semana.
Video: O 14º Dalai Lama — “Seja Otimista”
Para ativar as legendas, favor clicar no ícone “Legendas” no canto inferior direito da tela do vídeo. Para mudar o idioma da legenda, favor clicar no ícone “Configurações” e depois “Legendas” e escolher o idioma de sua preferência.

Muitas vezes, o mundo parece ser um lugar louco. Basta ligar as notícias: Os terroristas estão prestes a atacar! A economia é um desastre! E o meio-ambiente – não adianta nem perguntar. Tudo isso já é suficiente para você querer ficar de cama o resto da semana.

E isso é apenas o mundo lá fora. Também temos que lidar com nossas próprias vidas. Aonde vamos nas próximas férias? Como encararemos aquele colega que acabou de receber a promoção que desesperadamente queríamos? O que realmente devemos fazer com as nossas vidas?

Quando somos jovens, as pessoas nos dizem que podemos ser qualquer coisa que quisermos ser. “Siga o seus sonhos”, elas dizem. Mas quantos de nós estão vivendo seus sonhos? Quantos de nós navegam pelas mídias sociais com inveja daqueles que parecem de fato estar vivendo seus sonhos? Aquelas férias na praia e os perfeitos dentes brancos – essas pessoas acharam a chave para a vida perfeita enquanto nós estamos presos em um escritório chato.

A ideia de “felicidade” pode ser como um conto de fadas ou apenas outro slogan de publicidade – algo em que trabalhamos agora para desfrutar em alguma data não especificada no futuro. No entanto, não importa quão duro nós trabalhamos, não há garantia de felicidade. Algumas pessoas fazem um doutorado e acabam trabalhando no McDonalds, enquanto outras ficam incrivelmente ricas e famosas, apenas para terminar com depressão e cometer suicídio. Tudo isso nos deixa ansiosos em relação à vida, e nos leva à ansiedade social, onde nos comparamos constantemente com os outros. Quando nossos olhos encontram os de outras pessoas, ficamos desconfortáveis e, por insegurança, tentamos nos esconder atrás da tela do nosso smartphone.

Essa é a praga de nosso tempo. Pode não parecer tão perigoso quanto a AIDS, o câncer ou a depressão, mas a ansiedade drena a nossa energia e cria um constante sentimento de inquietação. É isso que faz com que queiramos nos distrair com a nova série de TV e com o feed de notícias do facebook, simplesmente porque nos é insuportável ficar a sós com nossos pensamentos. Precisamos de fones de ouvido e musica constante para deixar a vida suportável.

Não tem que ser assim. Todos sabemos que deveríamos ser gratos pelo que temos na vida e que nunca deveríamos nos comparar aos outros. Mas o que realmente significa isso? Como podemos superar a ansiedade?

Retroceder

Precisamos retroceder e analizar nossas vidas. Parece chato, mas simplesmente não podemos pular este passo. O que queremos fazer com nossas vidas? Não há um caminho certo para todos, mas houve pessoas no mesmo caminho antes de nós. Talvez queiramos ser uma estrela do rock, mas será que realmente seríamos felizes se os paparazzi nos perseguissem 24 horas por dia e sete dias por semana? Será que as estrelas do rock se tornam mais felizes com o passar dos anos? Quantas recorrem ao álcool e às drogas? Depois temos que pensar se estamos dispostos a investir o tempo e a energia que isso requer.

Encontre um Exemplo

Se encontramos uma maneira de viver que torna a nossa vida mais feliz e significativa, o próximo passo é achar alguém que incorpore isso. Para ser um grande músico, temos que praticar. Para ser um jogador de futebol, temos que praticar. Até para caminhar, tivemos que praticar, mesmo se não nos lembramos disso agora. A mensagem aqui é que, sem uma causa, não há um resultado. Chegar a algum lugar na vida requer dedicação. Uma pessoa que incorpore aquilo que buscamos pode nos dar dicas e se tornar uma grande fonte de inspiração.

Ajudar os Outros

É tão fácil deixar-se absorver pelos próprios pensamentos e desejos. Pensamos acima de tudo naquilo que queremos e precisamos para nossas vidas e, cada vez que alguém interfere nisso, damos um chilique. Uma grande parte da ansiedade é o sentimento de isolamento, mas a melhor forma de se conectar com os outros é de genuinamente se importar com eles. Se pensarmos apenas em nós mesmos, estamos fadados a nos sentir miseráveis; enquanto é provado cientificamente que ajudar os outros de coração alivia a ansiedade e aumenta a felicidade.

Não precisa ser nada de grande. Um sorriso para alguém em um dia sombrio ou um agradecimento sincero pode ser suficiente para melhorar o astral de ambos os lados. Não façam isso com um sentimento de obrigação, mas com o genuíno desejo de melhorar o dia de alguém. Depois disso, vejam o que acontece com seu estado mental.

Descubra Quem Você É

Todos gostamos de pensar que somos únicos, mas isso apenas prova que somos todos iguais. Quando dizemos “descubra quem você é” trata-se realmente de entender quem nós somos. Todos nós temos problemas, e uma vida perfeita simplesmente não existe. Não acreditem em tudo aquilo que vocês pensam!

Da mesma forma que nunca mostraríamos fotos nas quais pensamos que não estamos com uma boa aparência, os outros também não o fazem. Temos medo de ser ridicularizados em público – e, adivinhem – todo mundo tem este medo. Embora vivamos em uma era na qual somos bombardeados por vidas aparentemente perfeitas, não deveríamos cair nesta armadilha. Se tivermos consciência desses pontos e tentarmos levar felicidade aos outros, do fundo de nosso coração, e trabalharmos para trazer significado para nossas vidas, a nossa ansiedade se dissolverá gradualmente.